Caça Submarina
Thursday, October 31, 2013
  Diário de Caça 31/08/2013
Mais uma ida à Praia das Bicas à procura dos porcos. E eles lá estavam :)

Foi a melhor pescaria de sempre:



http://instagram.com/p/drfHNXugZX/


http://instagram.com/p/drgo94ugbd/


 
  Diário de Caça 17/07/2013
Escapadinha em S. Lourenço, a caçada foi composta por:

Ainda vi 3 robalos na zona baixa à direita da praia, bem jeitosos. Mas só os vi à distância... Assim que toparam comigo fugiram e não voltaram :(

http://instagram.com/p/b37r3mugaF/
 
Wednesday, June 20, 2012
  Diário de Caça 20/06/2012
Praia da Foz, água limpa, algum vento e corrente ligeira a puxar para as bicas. Apanhei 3 chocos (450 g, 350 g e 300 g) e 1 bodião com 550 g.
 
Tuesday, March 13, 2012
  Diário de Caça 13/03/2012
Praia da Foz, água tapada, muita ondulação. Frente à praia descubro uma moreia no buraco, tentei apanhá-la disparando para dentro do buraco e depois tentando espetá-la à mão com o arpão. Atinjo-a mas ela não fica presa no arpão. Quando retiro o arpão a moreia salta do buraco, passa por cima do meu ombro e foge pelo fundo... Que susto apanhei :)

Muito buraco visitado mas sem peixe. Apenas vislumbrei um grande sargo à entrada de um grande salão, mas desapareceu num instante.

Enfim, serviu para fazer alguma água. Fica para a próxima.
 
Saturday, March 03, 2012
  Diário de Caça 03/03/2012
Fui até ao Outão... Não apanhei nada a não ser frio. O sítio, além de pequeno, não tem qualquer interesse... Não é divertido caçar ali...

Levei a minha Cressi Geronimo Elite Pro, novinha em folha. A arma parece ser mesmo certeira... Apenas dei um tiro a uma tainha, a grande distância e acertei! Foi muito perto do topo do peixe e a tainha rasgou-se. Azar. Mas a arma é promissora, só é mais difícil de carregar...
 
Saturday, January 28, 2012
  Diário de Caça - 27/01/2012
Fui ao deserto... Apanhei um peixe-porco, um polvo (mini) e muito frio... Havia grandes cardumes de Sargos, Salemas e Tainhas. As tainhas eram grandes, os outros eram juvenis. Parecia que estava num aquário...
 
Wednesday, August 17, 2011
  Diário de Caça - 17/08/2011
Leça da Palmeira, comecei por caçar nos cabeços de pedra frente à praia (para a esquerda da Petrogal). Apanhei um bodião grande (1 kg) por volta dos 9 metros nos cabeços mais à esquerda e, a meio caminho do sítio onde apanhei uns bons sargos uma vez, apanho outro bodião grande (700 g) num buraco e uma santola grande (700 g) - com uma profundidade de 2/3 metros. Ainda vi um safio nesse buraco, mas era pequeno. No local dos sargos não havia peixe, apanhei um bom polvo (cerca de 1 kg). Foi outro bom dia de caça.
 
Monday, August 15, 2011
  Diário de Caça - 14/08/2011


Aver-o-Mar, frente ao campo de futebol. Bom dia de caça, mar calmo, visibilidade entre 4 e 6 metros, menos peixe que da última vez. Apanhei um polvo (1 Kg), uma tainha, um bodião (600 g) e dois robalos (de cerca de 500g e 700g).

O polvo tinha uma aparência curiosa porque estava com o capuz virado do avesso. Estava perfeitamente vivo, sem quaisquer mazelas. Será que escapou da mão de outro caçador quando este lhe estava a virar o capuz para o matar? :)

A tainha estava a mariscar em fundo de areia junto a um campo de laminária aos 6/7 metros. Foi apanhada numa descida, por detrás, comigo ocultado pela laminária, perfeitamente silencioso. Não teve hipótese, nem deu pela minha presença. Foi perfeito.

O bodião - 600g - apareceu numa espera no limite do meu alcance. Avancei para ele e ele fugiu um pouco, para a mesma distância que anteriormente. Avancei outra vez e ele voltou a fugir. Avancei 3.ª vez, ele fugiu novamente. Já no limite da apneia, apontei e disparei. Atingi-o em cheio com o arpão perto da cauda, saíndo pela barriga. Não teve hipótese.

O 1.º robalo (500g) foi uma espera junto à costa, cerca de 3/4 metros, agarrado à laminária, no lado direito do promontório de rocha junto à praia. O robalo aparece no meu campo de visão, ao alcance de tiro mas ainda distante. Não quis falhar, esperei completamente imóvel. O robalo afasta-se um pouco, mas depois volta, vem de frente para mim e vira a três palmos do arpão. Não havia como falhar. Excelente espera, emocionante, excelente apneia.

O 2.º robalo (700g) foi apanhado numa espera no mesmo local. Aparecem-me dois bons robalos no meu campo de visão à esquerda. Aproximam-se lentamente ao alcance de tiro perto do fim da minha apneia. Disparo depois de apontar muito bem, acerto em cheio na cabeça, sem hipóteses. Excelente apneia, excelente espera. Espectacular.
Foi um dia de caça em cheio. Senti-me em plena forma! :)
 
Sunday, August 07, 2011
  Diário de Pesca - 03/08/2011
Aver-o-Mar, frente ao campo de futebol, a água está algo agitada e um pouco turva. Caçando à espera vê-se muito peixe: sargos, robalos, bodiões...
Apanhei uma boga, uma taínha e um robalo.

Usei o cinto marselhês mais apertado e já não se abriu. É esse o segredo, o cinto tem que estar bem apertado.
 
Sunday, July 10, 2011
  Diário de Pesca - 10/07/2011
Parede, água calma mas um pouco turva. Apanhei duas tainhas (850 g e 300 g). Comemos a tainha maior ao jantar, grelhada com molho de margarina e limão, estava excelente.

Primeira vez que usei a prancha Shardana e a experiência foi excelente. Também pela primeira vez usei o cinto marselhês: mais cómodo, mas abriu-se uma vez sózinho.
 
Saturday, August 07, 2010
  Diário de Pesca - 04/08/2010
Fui fazer alguma água para a zona do farol da Guia. Não apanhei nada :(

Vi alguns bons sargos mas sempre muito fugidios. Não me deram hipótese.
 
Sunday, May 16, 2010
  Diário de Pesca - 17/04/2010
Desde 2008 que não entrava na água...

Lá fui para a praia de S. Lourenço. A água estava muito turva na praia (o rio corria para o mar, devia ser daí) e depois lá limpou um pouco quando me dirigi para a direita.

A visibilidade não era muita mas deu para apanhar um polvo e dois sargos pequenos.

Estou em baixo de forma... Foi muito cansativo...

Preciso fazer duas coisas:
 
Wednesday, August 20, 2008
  Diário de Pesca - 16/08/2008
Quase um ano sem caçar... Safa!

Praia das Bicas, bem cedo... Água fria e suja... Lá dei uma voltinha sacrificada com um mergulhito aqui e acolá, até que encontro o 1.º peixe-porco entocado...

A seguir ao 1.º, veio logo o 2.º, pouco depois o 3.º... E fui andando até apanhar 9, que deram uns belos 1.400 g de filetes :)

Ainda juntei um sargo de 300 g, que já dá para tomar o gostinho...

Enfim... Anseio pela próxima saída...
 
Sunday, September 02, 2007
  Diário de Pesca - 01/09/2007
Praia de S. Lourenço... O mar está bom e a água razoavelmente limpa... Está nevoeiro e muito frio... Lá acabei por apanhar 3 sargos: 1 de 400g e 2 de 250g... Foi uma prestação fraca face ao peixe que tive hipótese de capturar :(
 
  Diário de Pesca - 29/08/2007
Novamente Praia das Bicas. O mar está calmo e a água relativamente limpa... Deparei-me com um cardume de Peixes-Porco... Capturei 19, o que deu 2,300 Kg de filetes deliciosos :)
 
  Diário de Pesca - 18/08/2007
Praias das Bicas, cerca das 08:00, o mar está longe de estar ideal, a água está turva... Enfim, lá fui fazer água para desenferrujar... O resultado não foi mau: 1 moreia com 1,200 Kg que andava a passear fora do buraco :)
 
Sunday, June 10, 2007
  Diário de Pesca - 09/06/2007

Praia das Bicas, são 07:50, o mar está algo agitado mas há alguma água limpa do lado esquerdo. Não é o ideal, mas lá decidi entrar.

Assim que chego ao primeiro local com interesse vou espreitar dentro de um buraco e, quando saio, estão vários sargos e uma saima a pairar ao meu redor. Em vários mergulhos - sempre chocalhado pela ondulação - os sargos estão lá, chego a ver um robalo interessante e um peixe-porco, mas não consegui apanhar nada à espera. Num dos mergulhos que fiz apanho um choco jeitoso.

Para mim ainda é um mistério como se consegue caçar na espuma.

Passado um bocado vejo dois bons robalos a entrar para um salão. Mergulho e espreito lá para dentro. Um dos robalos foge logo e o outro vem a sair perto de mim. Ainda disparo mas falho o tiro. Devia ter usado outra aproximação, uma espera à entrada do buraco...
Mais tarde volto a ver o peixe-porco abrigado numa fenda e apanho-o numa coulée.

Um pouco depois apanho um buraco um pouco difícil com alguns sargos e, chocalhado pela ondulação, faço quatro disparos. Só no quarto é que apanho um bom sargo.

Falta-me forma para conseguir caçar melhor... Tenho que me decidir a treinar :)

 
Sunday, May 13, 2007
  Diário de Pesca - 12/05/2007

Carcavelos, mais uma vez... Cheguei por volta das 08:30, o mar ainda está calmo mas está a começar a virar. A água está fria e com pouca visibilidade. Tento rumar em direcção à parede, mas a corrente é tão forte que tenho que voltar para trás e caçar frente à praia. Andei a picar taínhas para me entreter, apanhei cinco. Enfim, foi mesmo só para fazer alguma água...
 
Saturday, November 11, 2006
  Diário de Pesca - 11/11/2006
Ericeira, S. Lourenço, são 7:45, o mar ainda está calmo mas já começa a virar. Dentro de água a visibilidade é boa mas vê-se pouco peixe (os sargos estão praticamente ausentes, provavelmente a zona foi caçada durante a semana).


Ainda assim deu para se fazer uma boa caçada:



 
Friday, October 13, 2006
  Diário de Pesca - 07/10/2006
É manhã cedo - cerca das 7:30 - e ainda estamos no lusco-fusco. Chego à baía do meixilhoeiro e o mar está praticável.

Vou para dentro de água com uma novidade no meu fato; levo as alças cortadas e realmente é outro conforto!

A água está suja, vêem-se algumas taínhas à superfície... E começo os mergulhos, um atrás do outro, sem ver nada de jeito... Há dias assim, mais do que gostava que acontecesse! Apanho uma faneca pequena (minúscula), que vergonha!

Eis que encontro um buraco com uma solha, mas ela foge para o fundo, fora de alcançe. Faço vários mergulhos para tentar ver a solha mas ela não aparece... De repente um lavagante de tamanho médio aparece e volta a esconder-se no fundo do buraco. Muito mergulho à procura dele mas não o vejo novamente.

Vou dar mais uma volta e apanho um sargo (minúsculo, maior ainda a vergonha), volto ao buraco na esperança de encontrar o lavagante mas nada. Estou cansado e farto porque não apanho, nem vejo nada. Começam as caibrãs! Vou-me embora...

Há dias assim, valeu pelo exercício...
 
Monday, May 01, 2006
  Diário de Pesca - 01/05/2006

Hoje cheguei à Praia das Bicas às 07:30, fui o 1º a entrar na água, o mar estava relativamente calmo e com visibilidade razoável.

A pesca foi boa:

Pequena história: Depois de ter topado com o safio dentro do buraco, fiz três ou quatro mergulhos para descobrir a melhor forma de arpoá-lo (estava num buraco um pouco difícil). Quando me decidi, aproximei-me do buraco, apontei a minha arma de 90 cm e disparei. Senti o habitual estremeção produzido por este tipo de peixe, puxei o arpão com força e... Qual não foi o meu espanto quando, em vez do safio, saiu uma moreia do buraco... Ok, whatever, lá fui eu tirar a moreia do arpão e colocá-la no enfião. Entretanto, o meu cérebro continuava a repetir-me: "tu viste um safio, tu viste um safio". Decidi ir espreitar e lá estava ele. Agora, para assegurar melhor o tiro, fui buscar a minha arma de 75 cm, apontei a um olho e zás, capturado!

Curiosidade: Os chocos foram todos apanhados no final da jornada de caça, já muito próximo de terra, para aí com 2 metros de profundidade.

 
  Diário de Pesca - 25/04/2006

A vontade de caçar era muita, por isso lá fui a Carcavelos caçar, tendo apanhado qualquer coisita:

De notar que este foi o meu 1º charroco! Realmente eles fazem barulho, produzem um ronco dentro e fora de água.

 
  Diário de Pesca - 15/04/2006
Pois é, pensava que ia conseguir caçar no Cabo Raso, mas nada feito. Idem no Farol da Guia e Boca do Inferno. Acabei por ir para a Parede com o objectivo de fazer alguma água. Resultado:
 

Archives


Powered by Blogger

Subscribe to
Posts [Atom]